Caixa Federal

24 de Novembro de 2021 às 09:18

Caixa insiste no GDP para avaliação na promoção por mérito

Os representantes dos trabalhadores afirmaram que a maioria não concorda com o sistema e nova reunião de negociação está agendada para esta sexta-feira (26)

Em mais uma rodada de negociação do GT (Grupo de Trabalho) de Promoção por Mérito, realizada na última segunda-feira (22), a Caixa voltou a propor o uso da GDP (Gestão de Desempenho de Pessoas) para definir o acesso a 1 e 2 deltas. A direção do banco não aceitou a proposta feita pelos representantes dos empregados de manter a sistemática adotada no ano anterior.

Como critérios discutidos na última reunião, o GT propôs que fosse liberado um delta para todos os empregados e um segundo para os trabalhadores com melhor desempenho na GDP. No entanto, a Caixa alegou que há uma demanda dos empregados para que se utilize a mesma ferramenta de avaliação de desempenho para a avaliação de reconhecimento, insistindo em manter exclusivamente a GDP como critério.

Os representantes dos trabalhadores afirmaram que a maioria não concorda com o sistema, já que o novo formato implementa uma curva forçada na avaliação. Afirmam ainda que é possível que um empregado consiga fazer todas as entregas acordadas com o gestor, ter uma boa conduta, ser querido pelos colegas e ter uma péssima avaliação, pois obrigatoriamente teria de ter 5% dos empregados como "Desempenho Não Atende". Uma nova reunião foi agendada para esta sexta-feira (26).



Diretoria

Edson Claudio Rigoni
Secretario Geral
Benilson de Lázari
Diretor de Esporte, Cultura e Lazer
Everson Jardim de Souza
Suplente

Sindicato dos Bancários de Dourados e Região - MS

Rua Olinda Pires de Almeida, 2450 Telefone 0xx67 - 3422 4884