Banco Santander

2 de Março de 2018 às 10:46

Governo do MS, quer vender folha de pagamento ao Santander

Governo do Estado está negociando a portabilidade da folha de salário dos 75 mil servidores estaduais, ativos e inativos, no valor de R$ 462 milhões, com o Banco Santander, em Brasília Atualmente, a folha é gerenciada pelo Banco do Brasil.

Os valores que o Estado deve captar com a transferência da folha ainda não foram definidos.

Além da venda da folha, o governo discute com executivos do banco a carteira de investimentos em Mato Grosso do Sul, buscando a oferta de créditos para a iniciativa privada, com expansão da carteira de crédito. 

O banco, segundo a administração estadual, está em expansão e tem forte atuação no financiamento de empreendimentos públicos e privados e operações de capital de giro.

A venda da folha de pagamento do funcionalismo do Estado, entretanto, poderá trazer vários transtornos aos servidores, avalia o movimento sindical que  já presenciou isso em outros governos.

Isso é apenas mais um ato dentre tantos governadores e prefeitos no país afora que revelam o desprezo com relação ao funcionalismo público, sobretudo aos aposentados. A decisão governamental pode até representar ganhos para os cofres públicos, mas na prática representa transtornos umas vez que o Santander possui poucas agências no Estado e não está presente em todas as cidades de Mato Grosso do Sul.

Outro problema  é que o banco vem demitindo e a falta de funcionários, vai sobrecarregar ainda mais quem está nas agências.

Outra situação é que o governo, faz esse tipo de negociação sem tratar com os representantes dos trabalhadores que são os sindicatos e se quer ouve os interessados, que são os servidores, que mais uma vez, são desrespeitados e toda vez que se muda o banco que vai efetuar o pagamento do funcionalismo se interfere na rotina das pessoas. E, as mudanças são sempre tumultuadas. As experiências que se tem, ao longo do tempo, mostram pelo menos quatro meses de desgaste para quem vai receber o salário, disse Ronaldo Ferreira Ramos, presidente do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região-Ms



Diretoria

Walter Teruo Ogima
Diretor Financeiro
Laudelino Vieira dos Santos
Diretor de Formação Sindical
Marcos Mota Medalha
Diretor de Esporte, Cultura e Lazer
Gilberto Benites
Titular
Paulo Rodrigues de Castro
Suplente
Ronaldo da Silva Costa
Suplente

Sindicato dos Bancários de Dourados e Região - MS

Rua Olinda Pires de Almeida, 2450 Telefone 0xx67 - 3422 4884