Banco Itaú

17 de Maio de 2017 às 14:15

Funcionários do Itaú denunciam aumento no plano de saúde

O reajuste nos planos de saúde para funcionários do Itaú a partir de maio deste ano, anunciado pelo banco, deixou os trabalhadores indignados. O aumento foi decidido sem qualquer debate com os beneficiários e sem a transparência necessária sobre os custos, o que tem revoltado os empregados da instituição financeira.

O banco informou que os planos serão reajustados em 16,44% para os titulares e 21,99% para os dependentes. E alega que os reajustes são necessários por conta da inflação e dos custos crescentes, mas não há qualquer debate transparente sobre o assunto. Desde 2011, o Sindicato cobra do Itaú uma negociação clara, mas a instituição financeira se recusa a assinar um acordo neste sentido.

O plano, que anteriormente era autogerido pelos trabalhadores, agora fica nas mãos da Porto Seguro, que não repassa informações precisas e nem oferece abertura para que sejam debatidos e resolvidos eventuais problemas.

Outra situação preocupante é que existe muitas reclamações sobre a burocracia para a liberação de procedimentos de alta complexidade, cirurgias de urgência e suas intercorrências, como anestesistas, entre outros e que  já foi informado ao banco.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Dourados disse que o movimento sindical reivindica que o processo de negociação seja retomado, e que os trabalhadores não sejam apenas informados sobre as alterações, o que ela considera um descaso para com os funcionários. Também vamos cobrar do banco que esse reajuste seja revisto. Caso eles não atendam nossas reivindicações, realizaremos protestos e atividades sindicais nos locais de trabalho.

 



Diretoria

Ronaldo Ferreira Ramos
Presidente
Raul Lidio Pedroso Verão
Diretor Regional
Valdinei Rodrigues de Araujo
Diretor Org. Sup. Adm.
Márcia Regina A. Vieira
Suplente

Sindicato dos Bancários de Dourados e Região - MS

Rua Olinda Pires de Almeida, 2450 Telefone 0xx67 - 3422 4884