Notícias

1 de Janeiro de 2001 às 23:59

Contraf faz abaixo-assinado em apoio ao projeto da isonomia nos bancos

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) lança na próxima terça-feira 17 de abril abaixo-assinado em apoio ao projeto de lei 6259/05, dos parlamentares Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Daniel Almeida (PCdoB-BA), que estende aos novos funcionários dos bancos públicos federais os mesmos direitos dos empregados antigos. O projeto contempla quem ingressou por concurso no BB, Caixa, BNB e Basa posteriormente às resoluções de 30 de maio de 1995 e de 8 de outubro de 1996 do Dest. O deputado federal Daniel Almeida já confirmou presença no evento, que será realizado na sede do Sindicato, a partir das 19h30. Histórico A distinção entre funcionários pré-97 e pós-97 nos bancos públicos teve início no governo FHC. Desde então, a desigualdade de benefícios entre os bancários foi agravada. A partir daí, o movimento iniciou intensa luta pela igualdade de direitos. Em 2003, a luta começou a surtir efeito. Os novos bancários do BB, por exemplo, conseguiram reconquistar 8 dos 12 benefícios suspensos com as resoluções 9 e 10 (veja quadro abaixo). Em 2007, o Sindicato de Brasília entregou ofício ao ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, solicitando a revogação das resoluções 9 e 10. “Agora, concentraremos forças para aprovação do projeto de lei, pressionando os parlamentares para que votem em favor dos bancários nas comissões temáticas da Câmara e do Senado”, afirma Rodrigo Britto, diretor do Sindicato. Isonomia de direitos no BB Direitos Conquistas Licença para acompanhar pessoa enferma da família 2003 5 faltas abonadas 2003 Possibilidade de acumular e converter faltas abonadas reivindicação PAS odontológico e aquisição de óculos/lentes 2003 PAS funeral de dependente econômico 2004 PAS desequilíbrio financeiro 2004 PAS catástrofe natural e incêncio residencial 2004 PAS tratamento psicoterápico 2005 Adiantamento para reposição em 10 meses nas férias reivindicação Licença-prêmio reivindicação Dois dias/ano para levar filho deaté 14 anos ao médico 2006 *Contribuição de 4,5% pelo BB para a Cassi 2007 * A proposta depende de aprovação do corpo social do banco



Sindicato dos Bancários de Dourados e Região - MS

Rua Olinda Pires de Almeida, 2450 Telefone 0xx67 - 3422 4884